Email: contato@projetoreservado.com

Arquivo para Emprego Categoria

FCE, CAE, IELTS, TOEFL… essas siglas podem te arrumar um bom emprego

A importância do Inglês não é mais novidade para ninguém e, por isso, muitas pessoas passam anos estudando o idioma. Com bastante dedicação e estudo, é possível aprender tanto quanto um intercambista. Mas quando se trata de estudar no exterior em uma universidade, seja na graduação, mestrado ou doutorado, ou mesmo para conseguir um bom emprego, é importante que você teste seu inglês em um exame de proficiência.

Existem vários exames e certificados, cada um para um público específico de acordo com o nível de domínio do inglês. Veja abaixo um quadro comparativo entre os principais exames e seus níveis, que vão do A2 ao C2.

Mas qual é a melhor opção? Depende do seu objetivo.

Veja a seguir a diferença entre os principais exames de inglês e decida qual é o melhor para você.

Certificates-in-English-PT-BR Leia o resto do post…

Invista sua carreira em uma empresa Startup e aumente as chances de sua carreira decolar

Invista sua carreira em uma empresa Startup e aumente as chances de sua carreira decolar

Muitas pessoas tem grandes ideias mas enroscam na hora de colocá-las em prática. Seja por questões de investimento ou então por escassez de mão de obra adequada, fato é que muitas empresas se perdem antes mesmo de nascer, ou apenas pouco tempo depois do começo.

Se você está no início da sua carreira profissional e já quer ganhar experiência de liderança e realizar suas próprias idéias, então uma Startup te oferece as melhores condições para uma carreira de sucesso!

O que é uma Startup?

Uma startup é uma empresa nova, até mesmo embrionária ou ainda em fase de constituição, que conta com projetos promissores, ligados à pesquisa, investigação e desenvolvimento de ideias inovadoras. Por ser jovem e estar implantando uma ideia no mercado, outra característica das startups é possuir risco envolvido no negócio. Mas, apesar disso, são empreendimentos com baixos custos iniciais e são altamente escaláveis, ou seja, possuem uma expectativa de crescimento muito grande quando dão certo. Algumas empresas já solidificadas no mercado e líderes em seus segmentos, como o Google, a Yahoo e o Ebay, também são consideradas startups.

Leia o resto do post…

Great Place to Work® Anuncia as Melhores Multinacionais para se Trabalhar no Mundo em 2013

Companhias de tecnologia ocupam quatro dos cinco lugares no topo da lista, com Google em primeiro lugar

BPTWmugSAN FRANCISCO, 22 de Outubro de 2013 – /PRNewswire/ — Great Place to Work® divulgou sua terceira lista anual das 25 Melhores Multinacionais Onde Trabalhar no Mundo, durante um evento de transmissão online realizado hoje. Pela primeira vez desde a sua fundação, Google ficou no topo da lista como companhia número 1, seguida consecutivamente da SAS, NetApp e Microsoft. W.L. Gore, empresa manufatureira, completa as top cinco. Além disso,Kimberly Clark, Marriott, Diageo, National Instruments e Cisco assumiram lugares de honra no ranking, respectivamente nas posições de 6 a 10.

O ranking da instituição Great Place to Work resulta do maior estudo anual a nível mundial de excelência no local de trabalho, o qual identifica as 25 melhores multinacionais em termos da cultura dos seus locais de trabalho. Desde o lançamento das primeiras listas dos melhores locais de trabalho, em parceria com a revista FORTUNE nos Estados Unidos e Exame no Brasil, em 1997, Great Place to Work® reconhece agora os melhores locais de trabalho de 50 países. A Lista das Melhores Multinacionais Onde Trabalhar do Mundo se baseia num amplo conjunto de dados obtidos de cerca de 2.900 companhias que foram incluídas nas listas Great Place to Work® por país. A cada ano, Great Place to Work® analisa os dados de pesquisas respondidas por mais de 5 milhões de empregados e de análises da cultura do local de trabalho, as quais são conduzidas em 7.200 companhias que representam mais de 16 milhões de empregados no mundo inteiro.

Leia o resto do post…

Google Expert: Training Day. Sua chance de aprender AdWords de graça e com o próprio Google

google

Via Blog Midia 8:
Boa dica para quem gosta internet e procura aprender novos conhecimentos – e ainda dar um up na carreira. Melhor ainda se for com a marca Google.

Pois é, a gigante da internet irá ministrar um treinamento sobre AdWords dentro de uma sala de cinema com um professor de mídia digital da ESPM. E tudo isso gratuito.

google expert: training day é um treinamento que o Google está oferecendo para profissionais de mídia, marketing, estudantes de publicidade e demais interessados no mercado. As aulas serão comandadas pelo professor de mídia digital da ESPM, Vince Vader, além de convidados especiais e apoio de especialistas em AdWords. E tudo isso dentro de um cinema. Leia o resto do post…

Já pensou em ser um escritor profissional? Agora você pode!

dia-do-escritor-1Eu tenho um livro. Pelo menos na minha cabeça, ele está 80% pronto. E até tenho já 2 capítulos completos, com cerca de 60 páginas. E tem tudo para ser um best-seller, pelo menos na minha concepção.

Mas como saberei se todo esse potencial está supervalorizado ou sou mesmo um Stephen Kink adormecido? Só há uma maneira de responder a essa pergunta: publicando o livro.

Mas a vida de escritor não é fácil, principalmente em decorrência da alta concorrência de escritores tentando conseguir a atenção de uma editora. Não são poucos os casos de escritores que só deram certo pois tiveram muita, mas muita persistência (apesar do grande talento). Cito como exemplo o livro que estou lendo atualmente, “A batalha do apocalipse“, de Eduardo Spohr. Uma literatura fantástica, muito bem escrita, mas que só vingou porque teve um grande apoio da fiel comunidade seguidora do Jovem Nerd, que vendiam seus livros através de anúncios em seus podcasts. Só depois de muitas vendas que uma grande editora abriu seus olhos e fechou um contrato.

Porém, nem todos têm essa sorte.

Mas há finalmente uma luz no fim do túnel. A Kindle, da gigante global Amazon, lançou recentemente uma plataforma para escritores autônomos. Trata-se da Kindle Direct Publishing da Amazon, onde você publica seus livros de forma independente na Loja Kindle da Amazon.

img-landing-device-fam-Oct2012

Veja como você pode se beneficiar desta plataforma:

  • Mantenha controle. Faça alterações no seu livro a qualquer momento.
  • Distribua para o mundo inteiro. Publique uma vez e alcançe leitores no mundo inteiro.
  • Entre no mercado rapidamente. O processo de publicação leva menos de cinco minutos. Seu livro aparecerá no site da Amazon em 24 horas.
  • Ganhe 70% em royalties. Disponível para clientes nos EUA, Canadá, Reino Unido, Alemanha, Índia, França, Itália, Espanha, Japão, Brasil e outros países.
  • Publique em vários idiomas. Publique em inglês, alemão, francês, espanhol, português, italiano e japonês.
  • Publique na plataforma Kindle. Faça seu livro disponível nos dispositivos e aplicativos gratuitos Kindle.

Sim, é formato digital. Mas não tenho a melhor dúvida que é uma excelente oportunidade, muito melhor do que deixar sua ideia escondida em dois pendrives e em um e-mail, esperando o príncipe editor encantado.

Dica do Rômulo Barros! Obrigado!

Série Males do Milênio – O Assédio Moral

Todos já devem ter ouvido falar ao menos uma vez sobre Assédio Moral, um mal que aflige a milhares de trabalhadores em todo o mundo. Dia após dia, casos e mais casos são denunciados e a Justiça do Trabalho tem sido bastante solidária aos trabalhadores nos processos que são movidos conta as empresas.

Mas afinal, o que é Assédio Moral?

De acordo com o Ministério do Trabalho e Emprego, Assédio Moral “é toda e qualquer conduta abusiva (gesto, palavra, escritos, comportamento, atitude, etc.) que, intencional e freqüentemente, fira a dignidade e a integridade física ou psíquica de uma pessoa, ameaçando seu emprego ou degradando o clima de trabalho“.

Leia o resto do post…

Turbine seu currículo com cursos grátis de grandes faculdades do mundo

Que tal fazer um curso gratuito no MIT ou em outras grandes universidades do mundo? Comprovando a tendência de crescimento dos cursos EAD (Ensino à Distância), conheça o Open Courseware Consortium.

O OpenCourseWare Consortium é uma colaboração das maiores instituições de ensino e organizações associadas de todo o mundo, que cria uma longa e profunda base de conteúdo educacional aberto. São cursos em diversos idiomas (incluindo o português) em centenas de instituições. Os cursos em português levam a assinatura da FGV (Fundação Getúlio Vargas).

É possível encontrar conteúdo sobre os mais diversos assuntos, desde Marketing, Engenharia, Recursos Humanos, Projetos, Psicologia, Balanced Scorecard, etc.

Uma vez que as iniciativas do OCW, tipicamente, não proporcionam titulação, crédito, certificação ou acesso a instrutores, os materiais estão disponíveis, gratuitamente, sob a forma de licenças livres para uso e adaptação por educadores e alunos ao redor do mundo.

O site base é em inglês, mas não é muito difícil navegar. Se tiver alguma dúvida, sinta-se à vontade em deixar sua dúvida nos comentários que terei o maior prazer em ajudar.

Fica então a dica para aqueles que gostariam de fortalecer o currículo com bons cursos, que realmente acrescentarão algum conhecimento e profundidade ao seu currículo – partindo do princípio que você se dedique, obviamente.

Para acessar o site, clique aqui.

Para acessar a página apenas com os cursos em Português, clique aqui.

Boa sorte e bons estudos!

Teste seu vocabulário de Inglês – interessante!

Será que você é mesmo bom em inglês? Ou você se vira suficientemente bem e dá aquela inflada na hora de colocar no currículo: “Inglês avançado”?

Recebi um link muito interessante, com um teste criado por pesquisadores americanos e brasileiros sobre o assunto. Com fins científicos, o site Test your vocab mede o vocabulário e o resultado diz qual seu nível na língua inglesa.

Os cientistas afirmam que há uma conexão entre fluência e o vocabulário, então o resultado é potencialmente o que você sabe mesmo de inglês. Pra começo de conversa, o próprio site já é em inglês, então fica logo de cara o primeiro teste.

O teste é prático: são três telas, cada uma delas contendo uma série de opções para o usuário escolher. Nas duas primeiras, os pesquisadores dão listas de palavras em inglês e pedem para que se marque apenas aquelas para as quais a pessoa sabe pelo menos um significado. “Não marque palavras que você sabe que já viu antes, mas que não sabe dizer com certeza o significado”, dizem. Conforme a performance na primeira tela, a segunda página fica mais difícil, com palavras complicadas que saem do uso comum e do aprendizado normal feito em escolas de língua estrangeiras.

Depois de checar todas as palavras que se conhece nas duas primeiras telas, a última página vem com um questionário para que os pesquisadores possam cruzar os dados. Para os brasileiros, como há pesquisadores do país no projeto, o questionário aumenta e são feitas perguntas específicas, como há quanto tempo estuda inglês e outras coisas do tipo.

Se seu resultado não for bom, não se preocupe. “A maioria dos adultos nativos de um país de língua inglesa consegue entre 20.000 e 35.000 palavras”. Para quem não tem o inglês como primeiro idioma, o normal é que se fique entre 2.500 e 9.000 palavras.

Meu resultado foi 4.730 palavras (tenho o que melhorar!!).

Para acessar, clique AQUI.

ATUALIZAÇÃO DO POST – CULTURA INGLESA:

Seguindo uma dica da Fernanda Monteiro, indico um segundo teste de inglês, também muito interessante, o da Cultura Inglesa. Se você já possui conhecimentos na língua inglesa, faça agora o teste de nivelamento online e descubra o exame internacional mais adequado ao seu nível de conhecimento no idioma. O resultado do teste é um indicativo que necessita de uma avaliação complementar na filial de sua preferência.

Para acessar, clique aqui.

Texto adaptado do site da Época.

Vestir a camisa da empresa – um relato pessoal

Uma das coisas mais comuns quando se está na faculdade é a expressão “vestir a camisa da empresa”. Dentre muitas dessas frases, muitas utilizadas sem a menor parcimônia, essa se destaca como uma das mais controversas. Como “vestir a camisa” de uma empresa que nem sempre tem importância para mim, a não ser por ser quem me paga?

É, caro leitor amigo… é complicado. Eu me lembro de ter sido muito crítico dessa expressão em meus tempos de FATEC, principalmente nas aulas de Planejamento Estratégico e algumas outras bastante corporativas. Eu pensava: por que eu preciso vestir essa camisa se tudo o que querem de mim são resultados? Demorei um tempo para entender essa pergunta e enxergá-la com outros olhos. E vou explicar por quê.

Eu trabalho há cerca de um ano em meio no Santuário Nacional de Aparecida, no estado de São Paulo. Atualmente, atuo na Comunicação Institucional, cuidando de projetos de Marketing e outros projetos especiais. O Santuário é um grande centro de peregrinação e todos os anos, milhões de pessoas passam por aqui em busca de muitas coisas, sejam elas espirituais ou não.

Mas o Santuário também é uma empresa e funciona como qualquer outra de qualquer outro ramo, com setores comuns, folha de pagamento, horários, crachás, chefes e regulamentos. De acordo com matéria publicada no jornal Valor Econômico, edição de 15 de Junho de 2010, o Santuário tem cerca de 1.300 funcionários o que representa uma folha de pagamento de aproximadamente R$ 1 milhão. São setores como marketing, engenharia, jurídico, contabilidade, imprensa, comunicação institucional, entre outros, que recebem sempre o salário em dia e tem alguns benefícios, como restaurante.

E junto a isso entram os departamentos mais específicos, como a pastoral, acolhimento e etc. Tudo isso para fazer funcionar a um estacionamento com vagas para mais de 3 mil carros e 2 mil ônibus, um shopping com cerca de 330 lojas (com grandes nomes como McDonalds, Bobs, Boticário, etc.), além de estrutura gigante que recebe até 170 mil pessoas em um só dia.

Enfim, com as devidas peculiaridades de um centro católico, o Santuário Nacional funciona como qualquer empresa funciona. E eu sou um funcionário como qualquer outro (no sentido empregatício da expressão). Assim, mais de uma vez depois que entrei aqui, peguei-me refletindo sobre como vestir essa camisa?

Seria fácil se eu fosse católico fervoroso, profissional antigo ou sem ambições. Mas pelo contrário, sou católico mediano, recém lançado ao mercado de trabalho e com ambições realmente fervorosas! Como então me manter fiel ao plano de acolhimento, gentil aos visitantes e dedicado em acordar cedo, viajar 130 quilômetros por dia e enfrentar as costumeiras 9 horas em trabalho?

A resposta para mim vem de uma maneira relativamente simples. O que me motiva, confesso, não é tanto minha fé, embora eu a tenha em condições aceitáveis. Mas é ver a fé das pessoas que acreditam em tudo isso que está ao meu redor. Ver o olhar de quem chega aqui pela primeira vez, que incrivelmente é parecido com o olhar de quem chega aqui pelo 40º ano consecutivo. Um olhar de admiração, de necessidade e apego. E eu me solidarizo com isso!

E, uma vez que eu tenha assumido a responsabilidade de partilhar desse acolhimento, tais atos servem como combustível para enfrentar dias de estresse e cansaço.

Em outras palavras e resumindo, eu creio que consigo vestir a camisa porque encontrei o motivo certo pelo qual estou aqui! Não é pelo dinheiro, porque ele vai embora em média após 20 dias. Não é pela proximidade de casa, porque como antecipei, moro relativamente longe. É porque encontro sentido no que faço toda vez que encontro com um romeiro (como são chamados os visitantes do Santuário) com olhar de esperança. No dia em que esse sentimento não existir mais, talvez seja a hora de pensar que essa minha missão aqui já foi cumprida. Mas até lá, toda vez que trabalho em algum projeto, é nesse público que foco minhas ações.

Tá, Fernando! Isso tudo é muito bonito mas parece altamente direcionado ao seu tipo de trabalho, que tem certa relação com acolhimento. Eu trabalho em um lugar que só quer dinheiro e onde eu não vejo mais ninguém, senão uma tela de computador e meu supervisor insensível. Isso tudo não tem nada a ver comigo!

Bem, hoje, depois desse tempo, eu discordo!

Lidero uma equipe e preciso de cada uma dessas pessoas! Cada uma das pessoas acima de mim precisa de cada uma das pessoas que estão abaixo delas. E assim segue até chegar ao final da cadeia que identifica você como, ao seu modo, uma pessoa importante! Para alguém, em algum lugar da cadeia de suprimentos de sua empresa, o seu serviço é importante!

Alguém irá precisar do resultado do processo do departamento que você trabalha. Soa como auto-ajuda, mas é verdade. E é uma verdade que precisa estar dentro de você, porque não existe professor ou gerente no mundo que vá te convencer disso.

E se você realmente não entender que é importante e que suas ações são importantes, então mais cedo ou mais tarde, você terá que enfrentar a frustração: o salário não será o quanto você precisa; as oportunidades não virão do jeito que você acha que merece; os desafios não são tão grandes quanto você acha que consegue vencer… Essas e outras coisas que acontecem na vida de todo mundo eventualmente.

Por isso, e finalizando esse post gigantesco, sinto-me à vontade em afirmar que a melhor forma de vestir a camisa de seu trabalho é fazê-la você mesmo!

Aprenda a ter um infarto! É simples! – Importante ler!

Vamos infartar! Com um pouco de esforço, conseguiremos!

Será que você quer ter um infarto? Leia os 12 conselhos criados pelo Dr. Ernesto Artur, cardiologista, que nada mais são do que observações sobre diversos comportamentos que nos ajudam a caminhar para o tão “esperado” ataque cardíaco! Confira se você já está a caminho… Mas antes de mais nada, lembre-se que sempre há tempo para mudanças!

DICAS PARA TER UM INFARTO FELIZ!

Por Dr. Ernesto Artur – Cardiologista

Quando publiquei estes conselhos ‘amigos-da-onça’ em meu site, recebi uma enxurrada de e-mails, até mesmo do exterior, dizendo que isto lhes serviu de alerta, pois muitos estavam adotando esse tipo de vida inconscientemente.

1. Cuide de seu trabalho antes de tudo.

As necessidades pessoais e familiares são secundárias.

2. Trabalhe aos sábados o dia inteiro e, se puder também aos domingos.

3. Se não puder permanecer no escritório à noite, leve trabalho para casa e trabalhe até tarde.

4. Ao invés de dizer não, diga sempre sim a tudo que lhe solicitarem.

5. Procure fazer parte de todas as comissões, comitês, diretorias, conselhos e aceite todos os convites para conferências, seminários, encontros, reuniões, simpósios etc.

6. Não se dê ao luxo de um café da manhã ou uma refeição tranqüila. Pelo contrário, não perca tempo e aproveite o horário das refeições para fechar negócios ou fazer reuniões importantes.

7. Não perca tempo fazendo ginástica, nadando, pescando, jogando bola ou tênis. Afinal, tempo é dinheiro.

8. Nunca tire férias, você não precisa disso. Lembre-se que você é de ferro. (e ferro , enferruja!!. .rs)

9. Centralize todo o trabalho em você, controle e examine tudo para ver se nada está errado.. Delegar é pura bobagem; é tudo com você mesmo.

10. Se sentir que está perdendo o ritmo, o fôlego e pintar aquela dor de estômago, tome logo estimulantes, energéticos e anti-ácidos. Eles vão te deixar tinindo.

11. Se tiver dificuldades em dormir não perca tempo: tome calmantes e sedativos de todos os tipos. Agem rápido e são baratos.

12. E por último, o mais importante: não se permita ter momentos de oração, meditação, audição de uma boa música e reflexão sobre sua vida. Isto é para crédulos e tolos sensíveis.

Repita para si: Eu não perco tempo com bobagens.
Duvido que você não tenha um belo infarto se seguir os conselhos acima!!!


IMPORTANTE:

OS ATAQUES DE CORAÇÃO

Uma nota importante sobre os ataques cardíacos..
Há outros sintomas de ataques cardíacos, além da dor no braço esquerdo. Há também, como sintomas vulgares, uma dor intensa no queixo, assim como náuseas e suores abundantes.

Pode-se não sentir nunca uma primeira dor no peito, durante um ataque cardíaco. 60% das pessoas que tiveram um ataque cardíaco enquanto dormiam, não se levantaram… Mas a dor no peito, pode acordá-lo dum sono profundo.

Se assim for, dissolva imediatamente duas Aspirinas na boca e engula-as com um bocadinho de água. Ligue para Emergência (192, 193 ou 190) e diga ”ataque cardíaco” e que tomou 2 Aspirinas. Sente-se numa cadeira ou sofá e force uma tosse, sim forçar a tosse pois ela fará o coração pegar no tranco; tussa de dois em dois segundos, até chegar o socorro.. NÃO SE DEITE !!!!

 

Conteúdo enviado pelo meu amigo Alexandre Vieira. Muito obrigado, mais uma vez!

Últimos posts

Reprodução

Todo conteúdo do blog Projeto Reservado é aberto para reprodução, desde que preservada a referência nos casos em que se aplica.